Cuidados ao contratar empréstimo consignado? Vale a pena mesmo?

Em resultado da atual conjuntura econômica do país, um grande número de pessoas foi obrigado a contrair empréstimos. Uma das opções possíveis é o empréstimo consignado, que tem muitas vezes uma taxa de juros menor.

Confira os fatos sobre esse tipo de crédito para ver se vale a pena.

Leia também: Conheça o empréstimo pessoal do Banco Itaú – Saiba como funciona!

O que são empréstimos consignados?

O empréstimo consignado é uma espécie de empréstimo cujos pagamentos mensais são sacados diretamente do benefício previdenciário do mutuário. Além dos aposentados e pensionistas do INSS, trabalhadores contratados e servidores públicos também podem solicitar crédito. Nessas circunstâncias, o valor das parcelas é descontado do contracheque do empregado.

Benefícios da modalidade

Devido ao baixo risco de inadimplência, a taxa de juros paga por esse método é menor. Essa forma de empréstimo é mais procurada por aposentados e pensionistas. O valor máximo do empréstimo depende do salário mensal do mutuário, para que a renda do mutuário não seja afetada.

Limitações permitidas

Desde o início de 2021, apenas 30% dos empréstimos pessoais e 5% das cobranças no cartão de crédito são consignados. Portanto, o banco não pode descontar um valor superior ao máximo da margem do empréstimo consignado. Também foram realizadas alterações no teto da taxa de juros, que passou de 1,8% para 2,14% ao mês. A mensalidade das transações com cartão de crédito aumentou de 3% para 3,06%.

Vale a pena contratar um crédito?

Por os pagamentos serem retirados imediatamente do contracheque ou benefício do empregado, os juros são reduzidos e é mais fácil conseguir o dinheiro.

No entanto, deve-se ter cautela apesar dessa maior conveniência de contratação. Sempre considere se a organização que fornece o crédito é confiável e se o empréstimo teria um efeito adverso em sua receita.

Esta forma de empréstimo não permite adiamentos ou suspensões, o que é outra consideração importante. A renegociação também pode ser mais complexa.

Esse tipo de empréstimo pode ser uma solução para quem precisa de dinheiro rápido com juros mais baixos. Amanda Rapouzo, gerente do eCred da Serasa, aconselha cautela na contratação do crédito consignado, apesar de todas as vantagens e diferenciais.

“Além de pesquisar a idoneidade das empresas que oferecem esse modelo de empréstimo, o aposentado ou seus familiares devem mapear os riscos potenciais envolvidos na operação para, de fato, aproveitar as melhores oportunidades do mercado e as mais adequadas ao seu orçamento”, disse ela ao portal R7.

Cuidado com Fraudes

Confira algumas orientações para os clientes conseguirem um empréstimo consignado com segurança:

  • Sempre solicite uma simulação antes de comprar um produto;
  • Não tome decisões precipitadas;
  • Desconfie de planos impraticáveis;
  • Não faça depósitos antecipados para obter o empréstimo;
  • Só assine depois de ler tudo com atenção;
  • Caso deseje devolver um pagamento por remorso ou contratação não solicitada, você deve sempre pelos canais de relacionamento do banco e nunca transferir fundos para contas de terceiros.

Caiu no golpe do empréstimo consignado? O que se deve fazer?

Reclamações recentes de empréstimos consignados obtidos sem a anuência do cliente aumentaram 260%. Determine o que fazer se isso ocorrer.

  1. Compareça a uma delegacia de polícia pessoalmente ou registre um boletim de ocorrência pela internet.
  2. Possuindo o BO, faça uma reclamação na Ouvidoria da Previdência Social do INSS no 135 ou no site.
  3. Para registrar uma reclamação no Banco Central, disque 145 ou acesse o site da entidade.
  4. Faça também uma reclamação no Reclame Aqui ou no Portal do Consumidor da Secretaria Nacional do Consumidor.

Que direitos tenho?

Conforme o Código de Defesa do Consumidor, as vítimas da fraude têm o direito de rescindir o empréstimo sem multa. A totalidade dos pagamentos debitados deve ser reembolsada.

Clique aqui e selecione “Seguir” para ser o primeiro a receber as informações mais recentes sobre este tema em seu dispositivo móvel!

Como cancelar pagamentos indevidos a um aposentado

Ligue para a Ouvidoria do INSS ou 135 para obter assistência. Além disso, sugerimos localizar a instituição financeira responsável e registrar uma reclamação formal por meio do Portal do Consumidor e do Procon.