Cartão de Crédito Pré-Pago| Conheça e Livre-se Da Dívida

Cartão pré-pago | Conheça e Aproveite

Pense no seu cartão de débito. Agora imagine que você não está conectado a nenhuma conta corrente, banco e, mais do que isso, você decide quantas vezes quiser que o valor seja cobrado. É assim que funcionam os cartões de crédito pré-pagos. “O portador do cartão carrega um valor em dinheiro, que será usado para saques, compras e pagamentos de serviços. A cada cobrança, o valor diminui até que o saldo do cartão pré-pago termine.” Explica Marcela Kawauti, economista da SPC Brasil.

“O cartão pré-pago também pode ser usado para controle parental, através do subsídio”, explica Paulo Volpe, sócio da empresa Brasil Pre-Pagos. Mais informações sobre a modalidade:

Os tipos de cartão pré-pago:

1) Cartão pré-pago para uso em território nacional: só pode ser usado no Brasil e é cobrado em reais.
2) Cartão pré-pago para viagens internacionais: pode ser cobrado em moeda estrangeira e usado fora do Brasil.

Quem deve usar esse tipo de cartão:

Crianças e adolescentes

Para as crianças, pode ser usado como subsídio. “Os pais podem até acompanhar todas as despesas on-line, por isso é mais fácil, não apenas ensinar a criança a gastar uma quantia limitada de dinheiro, mas também fazer as melhores escolhas”, explica Marcela.

Mas tenha cuidado: um cartão com um limite pré-estabelecido deve ser uma opção para adolescentes e pré-adolescentes, ou seja, a partir dos 10 anos de idade. “Antes disso, a criança tem uma forma de raciocínio que precisa de maior força e, portanto, o papel-moeda cumpre essa função melhor que o cartão, que é muito mais abstrato”, explica Tania Zagury, professora de educação e colunista do Portal My Happy Bolso.

Adultos

O cartão pré-pago é a modalidade de crédito mais simples do mercado, depois do dinheiro. “Ele acaba substituindo o cheque, mas é mais seguro porque a pessoa só gasta o que realmente tem”, explica José Vignoli, educador financeiro do My Happy Pocket Portal. Portanto, é indicado por pessoas que têm dificuldades para controlar financeiramente e, com o pré-pagamento, acabam limitando suas despesas pelo valor colocado no cartão. A opção também é atraente para aqueles que não podem verificar a renda, não têm interesse em abrir uma conta bancária ou precisam controlar a vida financeira de um terceiro.