Contratação de crédito imobiliário: É uma boa opção de empréstimo?

Você já se perguntou o que é um crédito imobiliário, como funciona e como ter acesso a um? Você já pensou em contratar um corretor para ajudá-lo a comprar uma casa ou fazer melhorias na que você já possui?

Continue lendo porque vamos detalhar todas as duvidas sobre o crédito imobiliário.

➵ Leia também: Empréstimo do PagBank online: Taxas de juros 3x mais baixas, como contratar

Crédito imobiliário: O que é?

Se você está se perguntando o que significa o termo “crédito imobiliário”, aqui está uma definição. Credito imobiliário é uma linha de crédito por instituições financeiras para a compra, construção e reforma de imóveis, moradia e comércio. Financiamento imobiliário é outro nome para isso.

No entanto, há também o crédito que você pode obter através do uso de uma casa. Por exemplo, ao obter um crédito com garantia imobiliária. Essa categoria de crédito também pode ser classificado como empréstimo imobiliário. A diferença é que o dinheiro emprestado pode ser usado para o que você quiser, pois, a casa que você já possui é uma garantia de que o dinheiro emprestado será pago.

Neste artigo, usaremos o termo “crédito imobiliário” para nos referirmos a uma categoria de financiamento imobiliário.

Como funciona essa modalidade de empréstimo?

Pode parecer difícil entender como funciona o crédito imobiliário, mas as instituições financeiras que disponibilizam essa categoria de produto aos clientes costumam ser claras em suas explicações, fornecendo um passo a passo para que o cliente interessado em obter crédito tenha visibilidade todas as etapas do processo.

Para ter acesso a essa linha de crédito, você deve ter no mínimo 18 anos, ter comprovante de renda e não ter restrições junto a instituições financeiras. Ou seja, seu nome deve estar limpo.

Na hora de financiar uma casa, o primeiro passo é fazer uma análise de critério do comprador que vai financiar o imóvel. Isso porque o banco deve verificar a capacidade do devedor de pagar a dívida.

Após aprovar o crédito, os bancos passam para uma análise bem mais detalhada.

Sistemas de financiamento imobiliário: Quais existem no mercado?

Existem duas categorias de modelos de financiamento imobiliário: o Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e o Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI).

O valor máximo do SFH é fixo em 90% do valor do imóvel, e o prestador de serviço só pode cobrar até 30% da renda mensal do cliente. Este modelo está disponível apenas para pessoas fisicamente aptas. O prazo de pagamento não pode ser superior a 420 meses ou 35 anos. As parcelas são formadas pelo valor mensal do empréstimo, assim como as taxas de juros e o TR (Taxa Referencial).

Há também o Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), que pode ser prestado a pessoas físicas ou jurídicas. O crédito varia de 80 a 90% do valor total do imóvel, com prazo de pagamento de 35 anos.

Quais são as vantagens de contratar um crédito imobiliário?

A principal vantagem de fazer um empréstimo hipotecário para comprar uma casa é que você pode usar o imóvel imediatamente, mesmo que não saiba o valor total que terá que pagar.

Por outro lado, para muitas pessoas, decidir de alto valor por um longo período não é a opção mais atraente. Educadores em finanças e especialistas financeiros frequentemente apoiam o aluguel como uma opção mais vantajosa. Aqui, vamos falar sobre isso mais detalhadamente. Clique e leia para saber qual opção é melhor para você: alugar ou comprar uma casa.

E se você perceber que o financiamento não é a melhor opção para você, mas ainda quer ter acesso a um investimento de alta qualidade com taxas de juros razoáveis, talvez para fazer melhorias em sua casa enquanto ainda mora lá, ou para qualquer outro razão.