Pessoas de diferentes faixas etárias incorrem em dívidas por uma variedade de razões, como obter assistência médica, comprar um veículo ou até mesmo estar desempregado. E um dos resultados encontrados por muitos para extinguir suas dívidas é fazer um empréstimo.

Mas antes de chamar um provedor de crédito, você precisa avaliar alguns problemas. Um deles – e um dos mais importantes – é a taxa de juros aplicada. Vá devagar e tente pegar um combo que caiba no seu bolso.

Confira abaixo algumas dicas para obter um empréstimo pessoal com uma taxa de juros menor:

Como fazer um crédito pessoal com menor taxa de juros?

O crédito pessoal é uma maneira de obter dinheiro rapidamente, já que os tomadores de empréstimos de hoje não são difíceis, especialmente se estiverem on-line. O primeiro passo antes de aplicar para um empréstimo pessoal é liquidar todas as suas dívidas. Quando você souber o valor de que precisa, comece a pesquisar em vários bancos, instituições financeiras e instituições. Veja todas as tarifas, quantidade de parcelas e quantidade disponível. Isso facilita a escolha do melhor crédito. Dentro do aplicativo GuiaBolso ou mesmo na página, você pode comparar diferentes preços e parcelas.

O que fazer para conseguir crédito pessoal?

Para obter crédito pessoal, basta nomeá-lo limpo, isto é, sem limitação no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e receita semelhante e real. Posteriormente, é necessário ir a uma agência bancária, conversar com um gerente e avaliar a possibilidade de influenciar o empréstimo.

Se tudo estiver bem, o montante do montante e os juros serão examinados e o tempo de pagamento do empréstimo.

Como fazer pesquisa de bancos e cooperativas?

Várias instituições financeiras fornecem empréstimos aos cidadãos. Antes de contratar seu empréstimo pessoal, visite uma variedade de empresas e avalie todas as condições propostas.

Imagem: Meu Crediário

Como comparar taxas

Comparando as taxas de banco para banco será muito cansativo, então uma ótima opção para ir para casa é avaliar os preços online. Muitos bancos e outros fornecedores de classificações de crédito pessoal oferecem seus serviços na Internet.

Veja alguns exemplos de taxas:

  • HSBC: 4,56% ao mês;
  • Banco Santander: 4,57% ao mês;
  • Banco do Brasil: 4,66% ao mês;
  • Caixa Econômica Federal: 4,99% ao mês;
  • Itaú: 5,48% ao mês;
  • Bradesco: 6,89% ao mês.
  • Just: a partir de 2,9% ao mês

Pegadinhas

Alguns comunicados de imprensa de baixo nível são publicados diariamente na mídia para levar as pessoas a pedir emprestado. Acontece que geralmente um grande número de solicitações é necessário para honrar os interesses menores.

Continue indo porque os requisitos como tempo de conta bancária e tempo de pagamento curto são considerados complicados! Cuidado com os corretores de dinheiro, já que geralmente os envolvidos com eles têm que obter dívidas ainda maiores do que antes.

Documentos necessários

Para fazer um empréstimo pessoal, é necessário enviar alguns documentos às operadoras de crédito. Os mais comuns são: CPF, RG, confirmação de residência e renda.

Sabendo que a última opção a ser diagnosticada pelos devedores é geralmente fazer um empréstimo pessoal. Mas em muitos casos esta é a única solução para quem não sabe como sair da dívida.

Depois de receber empréstimos pessoais com taxas de juros mais baixas, fez rigorosa supervisão financeira. Crie uma planilha de despesas e crie outra conta financeira antes de obter algo novo. Outra dica interessante é baixar o aplicativo GuiaBolso no seu celular. Ele permitirá que você insira seus dados de internet banking, deduza suas transações de cartão de crédito e de conta e avalie como economizar mais.