Pedir um cartão de crédito online: Vale a pena? Conheça tudo agora!

A apresentação “online” é uma forma de facilitar o acesso ao crédito de forma mais eficiente e menos burocrática. Mas é seguro?

Sim, o crédito na Internet é seguro quando feito por uma instituição financeira aprovada pelo Banco do Central. Veja a seguir como funciona o cartão e como solicitar o seu de forma segura.

Fique conosco!

➵ Leia também: Limite de crédito do cartão: Entenda como funciona nas compras

Cartão de crédito: Entenda como funciona um

Um cartão de crédito é uma categoria de pagamento disponibilizado pelos bancos que funciona como um empréstimo pessoal de curto prazo. Em geral, o pagamento pode ser feito em até 40 dias.

Esse crédito é concedido por uma instituição financeira, que estabelece um limite mensal para cada cliente que solicita esse serviço.

Antes de emitir um cartão de crédito ou determinar o limite de crédito, o banco faz uma análise de crédito, sendo um procedimento padrão para identificar o histórico de pagamentos de um cliente.

Com base nesses detalhes, a instituição credora determina se autoriza ou não a emissão do cartão e, em caso afirmativo, qual será o limite.

É crucial lembrar-se de que seu banco reavaliará seu limite de crédito regularmente — se você for um bom pagador, seu limite de crédito poderá ser aumentado. Se, por outro lado, você não pagar sua dívida em tempo hábil, o banco poderá reduzir seu limite de crédito ou até mesmo suspender seu cartão.

Alguns cartões incluem taxas administrativas — como a conhecida anuidade — e alíquotas pré-determinadas. Antes de realizar uma solicitação, certifique-se de ter todas as informações necessárias.

Em emergências, um cartão de crédito pode ser um salva-vidas, assim como em compras de grandes passagens onde é necessário selecionar para parcelar.

Principais características de todo cartão que você precisa saber!

Existem alguns termos-chave para saber se você quiser entender melhor como funciona um cartão de crédito. Antes de continuar, reunimos os mais importantes para você:

  • Anuidade: É uma taxa cobrada por alguns bancos para você ter acesso a um cartão de crédito. Normalmente, é pago mensalmente.
  • Limite: Este é o valor máximo que você pode gastar em seu cartão a cada mês.
    Data de fechamento: É o dia em que o banco soma todas as suas despesas do período anterior para determinar o valor de sua dívida. Com isso, se você fizer uma compra após o fechamento, mesmo que seja antes do vencimento da fatura atual, o valor será cobrado na fatura do mês seguinte.
  • Data de vencimento: Semelhante ao pagamento de boletos, a data de vencimento é o último dia que você tem para pagar a dívida sem incorrer em juros ou multa por atraso no pagamento.
  • Avaliação emergencial de crédito: Se você atingiu o limite do cartão de crédito e precisa fazer uma compra que irá ultrapassá-lo, é possível solicitar uma avaliação emergencial, que ocorre ao momento. Para fornecer essa análise, a maioria dos bancos cobra uma taxa razoável.
  • Pagamento mínimo: É a mínima — determinado por cada banco — que você pode pagar da (fatura). O pagamento do mínimo deve ser a última opção, pois outros tributos, como multas rotativas, multas por atraso, multas por mora e o IOF, impactam no valor restante.

Quais são os pontos positivos do cartão?

Começaremos pelas vantagens de ter um cartão de crédito. Afinal, eles existem!

A primeira é, sem dúvida, a capacidade de dividir e conquistar suas compras. Em muitos casos, não temos todos os fundos necessários para adquirir um produto ou serviço vital para nós, sendo necessário dividir.

Há também alguns itens que só podem ser adquiridos com cartão de crédito, como alguns serviços de streaming, ingressos para eventos e outras compras “online”.

Além disso, muitos bancos agora oferecem pontos, milhas e outros benefícios para clientes que usam seu cartão de crédito regularmente. Tome cuidado para não aumentar seus gastos apenas para ter acesso a esses benefícios: compre com sabedoria!

Por fim, vale destacar a capacidade de lidar com despesas inesperadas ou urgentes de forma oportuna e prática, sem a necessidade de recorrer a métodos mais burocráticos.

Para receber conteúdo exclusivo sobre dívidas, finanças e planejamento financeiro diretamente na sua caixa de entrada, cadastre-se gratuitamente.

Ter mais de um cartão de crédito é bom? Pode prejudicar minhas finanças?

A resposta é dependente! Para quem é muito organizado e diligente com suas finanças, ter dois cartões, cada um com seu próprio conjunto de restrições, benefícios e/ou prazos de validade, pode ser uma opção atraente. No entanto, para que sua decisão seja livre de aborrecimentos, você deve estar realmente organizado!

Ter apenas um cartão de crédito, por outro lado, pode ser uma dificuldade para pessoas que não têm uma boa noção de seu dinheiro. Você tem alguma sugestão? Há muitos dados para acompanhar:

  • Qual é o limite superior para cada um deles?
  • Quando o certificado foi emitido e quando ele expirou?
  • Quais são as vantagens e programas de recompensa para determinadas compras?
  • Se pra você é complicado ter essas informações, o ideal é não ter, ou ter apenas um cartão de crédito em mãos para situações emergenciais.

É fundamental lembrar que o limite do cartão não é uma extensão do seu salário por isso, não deve ser visto como um recurso financeiro à parte.

Em certas situações, usar mais de um cartão de crédito pode ser uma má ideia: é como se você estivesse sendo obrigado a gastar mais!

Dica!

Uma dica útil para determinar se é adequado ter um, dois ou até mais cartões de crédito é verificar se a soma de seus limites ultrapassa 50% da sua renda mensal. Se for esse o caso, tente abaixá-los até atingir a porcentagem máxima. Isso pode ajudá-lo a controlar suas despesas com cartão de crédito.

A existência de anuidade para cartões de crédito também deve ser considerada na tomada de decisão. Dependendo das circunstâncias, pode ser mais econômico pedir ao seu banco para aumentar seu limite atual (ou, para quem sabe, negociar a aposentadoria de sua anuidade) em vez de pagar impostos a dois bancos diferentes.

Se o problema for uma bandeira, verifique com seu banco se você consegue um multicartão. Alternativamente, negocie uma redução no limite do cartão para todos os seus cartões para que todos sejam incluídos no seu orçamento.

Bônus: Esse é para quem já tem um controle financeiro mais avançado!

Há um uso interessante para um cartão de crédito: quando você receber seu salário, não gaste um centavo dele! Você pode colocá-lo em qualquer aplicativo com um bom retorno do investimento e liquidez regular.

Faça compras e pagamentos com cartão de crédito sempre que possível. Com isso, quando chega a fatura do cartão, basta pagar com o salário do mês anterior, que, apesar da curta duração, gerou lucros para você.

Como fazer o cancelamento de um cartão de crédito?

Se, após ler isso, você percebeu que ter um ou mais cartões de crédito não é a melhor opção para a sua situação, você está em boa forma! Você pode cancelá-lo a qualquer momento pelos canais oficiais do seu banco (SAC, site, app, etc.).

No entanto, você deve verificar se possui fundos suficientes. O seu cartão só será cancelado após o pagamento total do valor devido. Se você estiver em apuros e quiser resolvê-lo, você pode pedir a suspensão do seu cartão até que sua disputa seja resolvida, desde que o cartão não tenha sido bloqueado pelo banco.

Se você tem contas parceladas abertas, você pode solicitar o cancelamento. No entanto, é possível que o banco cubra todas as parcelas em aberto antes de cancelá-las.

Você não precisa explicar o porquê; tudo que você tem a fazer é solicitar um cancelamento. Anote o protocolo, dia e horário do agendamento, e não esqueça de verificar com a agência, por telefone ou pelo aplicativo, se o cancelamento foi realmente realizado. Como resultado, você evitará dores de cabeça e cobranças injustificadas!