O segredo do cartão de crédito: Como usar todos os recursos sem se endividar

Todo mundo já teve ou conhece alguém que não se deu muito bem com um cartão de crédito. É aquela velha história de comprar sem olhar o dinheiro saindo da conta, parcelar tudo e depois enlouquecer quando chega a conta.

Para que nunca mais aconteça, neste artigo selecionamos tudo o que você precisa saber sobre o seu cartão de crédito e como usá-lo de forma consciente e segura.

Esteja preparado para responder a perguntas e aprender como tornar seu cartão o parceiro perfeito, não um desafio para suas contas.

Confira também: Planejamento financeiro eficiente: Como fazer um para alcançar seus objetivos

O segredo do cartão de crédito Como usar todos os recursos sem se endividar

Estrutura de um cartão de crédito

Confira todos os componentes que constituem um cartão de crédito:

  • Nome e logotipo: identifica o banco do emissor;
  • Chip: usado para autorizar compras;
  • Nome do proprietário: identifica o titular do cartão;
  • Validade: o tempo até o cartão expirar e parar de funcionar;
  • Bandeira: “bandeira do cartão”, exibida pelo emissor;
  • Número: usado para identificar o cartão;
  • Código de segurança: o número usado para autorizar compras online;
  • Fita magnética: usada para aprovar compras.

Como funciona o limite de crédito em um cartão?

De um modo geral, trata-se de um crédito disponível para compra. A cada compra feita com o cartão, o valor restante diminui. Se o seu limite é de R$ 2000 e você fizer uma compra por R$ 400, ainda terá R$ 1.600 disponíveis para comprar.

Com as compras a prazo, o valor total diminui. Se você comprou o produto por R$ 800 e parcelou em 5x, o limite cairá de R$ 2.000 para R$ 1.150, mas você pagará R$ 160 em 5 parcelas, que serão lançadas na fatura um mês de cada vez. Para cada parcela paga, libere R$ 160 do limite.

Como faço para calcular o limite perfeito?

De acordo com especialistas em educação financeira, existe um limite ideal para o cartão de crédito. Esse valor não pode ultrapassar 30% da renda mensal. Se você precisar de um limite mais alto, ele não deve exceder 50% de sua receita.

Dicas para usar seu cartão de crédito com sabedoria

Descubra algumas atitudes que você pode adotar para manter seu cartão sob controle o tempo todo.

Esteja ciente da data de vencimento da fatura

Para evitar endividamento, o primeiro passo é pagar a fatura do cartão em dia. Os juros de atraso são muito altos, então pague em dia para que o valor não aumente.

Salvar e controlar despesas

É muito importante que anote tudo o que comprou no cartão para poder controlar as suas despesas. Não se esqueça de que pequenas despesas podem resultar em uma grande conta. Fique atento a contas de baixo valor, como assinaturas de serviços, bem como aquelas pequenas compras extras.

Estabeleça o valor máximo das compras

Para não gastar muito, é importante limitar as compras. O conselho é analisar quanto você ganha e estabelecer a quantidade máxima de consumo por mês. Em seguida, controle suas despesas e economize para não exceder sua meta.

Pense bem antes de parcela uma compra

As taxas levam em consideração o valor total da compra e diluem-se em meses, por isso conte antes de desembalar. Verifique se pretende pagar juros e veja se é melhor espremer um pouco por mês do que pagar por muito tempo.

Não empreste seu cartão nunca

Você costuma emprestar seu cartão de crédito para parentes, amigos, colegas parcelares compras? Tenha cuidado com este exercício.

Se você pegar um cartão emprestado, não poderá controlar totalmente o que é comprado em seu nome e isso pode ser uma farsa.

Não peça vários cartões

No passado, os cartões de crédito eram emitidos principalmente por bancos, mas agora as lojas de departamentos podem emitir um.

Não há nenhum problema em ter mais de um cartão, porém, mais cartões pagáveis ​​significam mais desafios para gerenciar suas finanças.

Não retire dinheiro com seu cartão de crédito

Os saques feitos com cartão de crédito estão incluídos na fatura. Tenha cuidado para não exceder ou fazer muitas retiradas.

Além disso, não se esqueça de que há uma cobrança por suas informações de crédito, então, se você realmente precisar, tente fazer isso uma vez e sacar uma quantia maior para não ter que pagar a cobrança novamente.

Compre em sites seguros

Os sites confiáveis ​​podem enganar o consumidor e capturar todas as informações do cartão. Evite esse roubo, fique muito atento às suas compras.

Uma ideia interessante para evitar golpes é usar um cartão virtual. Porém, é como uma cópia digital do cartão, mas o código de segurança (chamado CVV) muda a cada 24 horas. Se as informações do cartão caírem em mãos erradas, nenhuma compra ou transação poderá ser concluída.